levitra online

Tag Archive | "pesquisa"

Tags: , , ,

Poderá o MDMA curar a Depressão?



drugs

Acredita-se que haja 500.000 usuários no Reino Unido, mas as pesquisas sobre MDMA – o principal ingrediente do ecstasy – têm sido mínimas. Agora o Channel 4 está financiando um estudo controverso com voluntários, incluindo o escritor Lionel Shriver e o ator Keith Allen.

A paciente senta em uma maca de hospital. O médico pergunta como ela se sente, tira sua pressão arterial e lhe dá um comprimido. Ela é, então, levada a um escaner cerebral que se assemelha a uma máquina de lavar gigante, e ela se deita à sua frente  antes de ser sugada para dentro. Médicos estudam uma série de imagens vívidas de sua cabeça e cérebro, procurando por atividades antes de dar a ela permissão para sair do escaner. A paciente é indagada sobre quem ela gostaria de ter com ela neste momento. Responde: “Meu marido”.

Para acessar o artigo original, em inglês, siga este link

Posted in NotíciasComments Off on Poderá o MDMA curar a Depressão?

Tags: , ,

Maconha, porta de saída?



A epidemia de crack é um dos fenômenos mais sérios na interface entre saúde pública e segurança. O que a faz particularmente grave é a reconhecida dificuldade de superar a dependência química. Pois bem, a Universidade Federal de São Paulo realizou pesquisa com 50 dependentes químicos de crack que foram submetidos a um tratamento experimental de redução de danos. Sob a coordenação do psiquiatra Dartiu Xavier, o grupo foi tratado com maconha. Daquele total, 68% trocou o crack pela maconha. Ao final de três anos, todos os que fizeram a troca não usavam mais qualquer droga (nem o crack, nem a maconha). Anotem aí: todos.

Imaginei que, com a divulgação destes resultados por Gilberto Dimenstein, na Folha de S. Paulo em 24 de maio, haveria grande interesse sobre o estudo. Nada. A resposta ao mais impressionante resultado de superação da dependência de crack no Brasil foi o silêncio. O uso medicinal da maconha tem sido admitido em dezenas de países, inclusive nos EUA. Por aqui, o tema segue interditado pela irracionalidade. É evidente que o consumo de maconha pode produzir efeitos danosos. Sabe-se que o abuso pode conduzir o usuário a problemas de concentração e memória e que em determinadas pessoas o uso está correlacionado à precipitação de surtos esquizofrênicos. Daí a criminalizar seu consumo e impedir experiências destinadas ao uso medicinal vai uma distância que tende a ser percorrida pela intolerância e pelo obscurantismo.

Para ler o texto completo, clique aqui.

Posted in Notíciascomentários (0)